Componentes tóxicos do Lixo Eletrônico afetam a saúde

25 de janeiro de 2022
Geral
Jesi Alves

Componentes tóxicos do Lixo Eletrônico afetam a saúde

Descarte incorreto de resíduos eletrônicos pode provocar liberação de componentes tóxicos no meio ambiente. Conheça os riscos à saúde

Talvez, antes, você precisa ler esses artigos:

lixo eletronico | Sete Ambiental
Foto: Ladislav Kubeš de Getty Images

Lixo eletrônico, resíduo eletrônico ou e-lixo são produtos elétricos e eletrônicos danificados, quebrados ou sem utilidade que por algum motivo precisam ser descartados. O descarte incorreto desses materiais é extremamente prejudicial, pois o lixo eletrônico pode liberar componentes tóxicos que contaminam solo e água, causando assim danos ao meio ambiente e à saúde humana.

Atualmente, há um grande avanço das tecnologias de informação e comunicação em escala global, acompanhado de um encurtamento de tempo de vida útil destes equipamentos tecnológicos. A consequência disto é o também eminente aumento de volume de lixo eletrônico. Segundo estudo coordenado pela Universidade das Nações Unidas (UNU), apenas cerca de aproximadamente 20% de todo lixo eletrônico gerado no mundo reciclado.

O descarte não profissional, como em aterros sanitários, pode resultar na liberação direta de substâncias tóxicas contidas em equipamentos elétricos e eletrônicos no solo, bem como em águas superficiais e subterrâneas. Em outras palavras, essa conduta resulta na poluição desses recursos naturais, com consequências para a flora, fauna e a população, refletindo na ecologia e nos sistemas de produção. O Brasil tem registrado (não oficialmente) impactos negativos na saúde e no meio ambiente consequente do despejo indiscriminado de lixo eletrônico em qualquer espaço aberto e aterros.

lixo eletrônico | Sete Ambiental
Foto: Sanghwan Kim de Getty Images

E quais são essas substâncias que trazem tanto prejuízo?

Os componentes tóxicos presente nos eletrônicos são diversos. Confira as principais doenças que podem ser causadas pelos elementos mais:

  • Chumbo: Prejudicial ao cérebro e ao sistema nervoso. Afeta sangue, rins, sistema digestivo e reprodutor.
  • Cádmio – É um agente cancerígeno. Acumula-se nos rins, no fígado e nos ossos, o que pode causar osteoporose, irritação nos pulmões, distúrbios neurológicos e redução imunológica.
  • Níquel – Causa irritação nos pulmões, bronquite crônica, reações alérgicas, ataques asmáticos e problema no fígado e no sangue.
  • Mercúrio – Prejudica o fígado e causa distúrbios neurológicos, como tremores, vertigens, irritabilidade e depressão.
  • Zinco – Produz secura na garganta, tosse, fraqueza, dor generalizada, arrepios, febre, náusea e vômito.

Perigos ao meio ambiente

Alguns dos perigos para o meio ambiente decorrentes do descarte inadequado são:

  • Chumbo, bário e outros metais pesados ​​presente em televisores, monitores e câmeras quebrados que são despejados no solo. Eles têm a capacidade de atingir os lençóis freáticos no meio ambiente, contaminando-os. Esses mesmos materiais também liberam fósforo tóxico;
  • Mercúrio, cádmio, dioxinas bromadas e outros elementos encontrados em placas de circuito impresso (placas importantes usadas para conter componentes eletrônicos, como chips). Eles emitem gases poluentes no ar e nos rios. Os chips e outras partes banhadas a ouro ainda contêm substâncias como hidrocarbonetos que acidificam o rio e sua flora e fauna;
  • Queimar equipamentos compostos por hidrocarbonetos, como fios de cobre. Eles também atingem o ar, a água e o solo por meio de emissões de gases ácidos.

Deve-se notar que, com o risco danoso ao meio ambiente, à biodiversidade e à saúde humana, gera-se custos. Estes, combinados com a perda de matérias-primas descartadas de equipamentos eletrônicos, representam perdas econômicas. A partir disso, pode-se explicar que o meio ambiente não está relacionado apenas a fatores ecológicos. Isso pode ser percebido a partir do conceito de sustentabilidade e seus 3 pilares (ambiental, econômico e social).

Portanto, além de prejudicar a saúde e o meio ambiente, o descarte incorreto do lixo eletrônico prejudica também a sociedade e economia como um todo. Pensando nisso, percebemos a extrema importância de descartar esses materiais corretamente.

Por fim, se você possui resíduos eletrônicos em casa precisando descartar, não coloque junto ao lixo comum ou para a coleta seletiva. Fale com a Sete Ambiental e solicite sua coleta gratuita! Não deixe que seu lixo eletrônico se transforme em lixo tóxico!

Siga-nos nas redes sociais: Instagram | Facebook | Linkedin

Veja também 👇:

Fale com a gente.

Criamos projetos customizados de logística reversa, sob medida para a sua necessidade.

Comece uma conversa

Cadastre-se para começar uma conversa no WhatsApp

A nossa equipe responde rapidamente de segunda a sexta-feira, das 8h as 17h30.